Itinerários, poesias e canções na Lua Cheia



Segunda, 04/05, 20h30

Contribuição: Comes e Bebes
Entrada pela Rua João Alberto Moreira, 50 (mapa)
próx. Metrô Vila Madalena



Música Jã - Alexandre Ribeiro




Lua Nova dia 18/04 às 15:56, em Sampa.





Por Patrícia Mattar Oliva


Sol, Lua e Urano em Áries

defesa da certeza
cega para a beleza
de outra natureza

mentirosos somos
em nossas verdades
absolutas, absurdas

limite que nos impomos
a outros propomos
como liberdades

absorta paisagem
permanece vai e vem
rochedo à beira mar

estar sem ser
enxergar sem ver
rochedo à beira mar

mar fecundo e solitário
mar de dia, mar de noite
noite e dia, sem parar

estar presente
brilho no ar
rochedo à beira mar

Lua Cheia dia 04/04 às 9:06 em Sampa.




Por Patrícia Mattar Oliva


faca entre os dentes
espada na mão
sangue nos olhos
em nome da paz

doce ilusão

puro eu sou
sem má intenção
toda maldade
vem do outro cidadão

enganação

certeza absoluta
defesa de opinião
ou está comigo
ou é traição

esquizofrênica civilização

herói solitário
cegueira da paixão
seja muçulmano
ou alemão

decadente situação

manifestar vida
ser o que é
seição
ser são

consideração

herói solidário
se entrega ao todo
mas depende
de cada um

contradição